quarta-feira, 16 de junho de 2010

O mundo e raimundo

Posted in by Bruno Marconi da Costa | Edit

O mundo é muito vasto.
Vasto demais para um olhar,
um simples olhar observador.
Mesmo que eu me chamasse raimundo
a rima seria pobre, miserável como os raimundos, josés e joães
que malabarizam os sinais
da nossa Av. Brasil.

Se o olhar já me é limitado,
como transformar seria possível?

O mundo é muito vasto,
mas uma pessoa,
Ah, uma pessoa apenas...
Transformá-la seria já um universo
se ao deixar de ser raimundo
tornasse-se Raimundo.

2 Comments


  1. Ana Maria Madeira says:

    É o tipo de coisa que entra na lista daquelas que "botam a gente comovido como o diabo".

    17 de junho de 2010 07:00

  2. Daniela

    Você é o karateca,vocalista, historiador e principalmente poeta mais linds de todos! :)

    17 de junho de 2010 15:47